CASS – Coletivo Antropofágico 2012

Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP

  • OBIITTUÁRIIO 1936 + 2009

    Faculdade de Serviço Social. Deixa órfãos e órfãs, milhares de ex-estudantes e centenas de estudantes. Professoras (es), funcionárias (os). Nasce em 1936 uma das primeiras faculdades de Serviços Social do Brasil em São Paulo, após 26 anos esta escola se junta a PUC/SP onde continua como faculdade. Com o passar dos anos, em 2009 a tão conhecida faculdade de Serviço Social encaminha– se ao seu fim!Com a nova reforma estatutária- que passou todo o poder de decisão sobre a PUC para a Igreja- o Serviço Social passa de faculdade a um curso dentro da faculdade de Ciências Sociais, perdendo grande parte de sua autonomia, nos fazendo rever que caráter o curso tomará a partir de agora. Se a estrutura de poder dentro da Universidade fosse democrática, pautada pela democracia direta dos três setores (professores, estudantes e funcionários), nossa Faculdade não deixaria de existir, não teria perdido a autonomia (cujo poder de decisão era somente dos professores, com ínfima presença de estudantes e nem falar de funcionários), poderíamos reestruturar o currículo de modo a não perder importantes conteúdos. Tudo seria diferente. Mas ainda pode ser! Nem tudo morreu! É por isso que viemos nesse ERESS propor que um dos pontos para a luta seja em defesa da Faculdade de Serviço Social aliado à luta pela democracia direta, por uma profunda campanha contra a estrutura de poder dentro das universidades!
  • Arquivos

CRONOGRAMA DA SEMANA

Posted by CASS Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP em 7 de maio de 2012

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Posted in 1 | Leave a Comment »

ATA DA ASSEMBLEIA – 05.10.2010 – Noturno

Posted by CASS Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP em 6 de outubro de 2010

O Flavio fez o repasse da reunião com a reitoria na última quarta-feira (29/09): entrega do documento elaborado pelo docente e discente; alguns pontos precisando mudar, pois faltou a parte da controladoria, mas disse que ficaria cobrando a concretização para que assim já seja avaliado pelo Consad na reunião do dia 15/10.   A Talita colocou que não dá mais para garantir as assembleias toda semana, sugeriu que fosse feito uma reunião para dá o informe sobre o Consad. Houve consenso. Com relação a Comissão Eleitora, ela propôs tirar um representante de cada sala nesta aseembleia. Ficou assim deliberado: 1º ano: Não havia nenhum aluno presente 2º ano: A Tuane se propôs de colocar a discussão na classe 3º ano: Ana Carolina 4º ano: Fernanda Aquino Gestão: Bia   Ficou decidido que a Comissão inicialmente composta por essas três alunas acima citadas  acompanhe o processo de retirada dos representantes da manhã e das outras sala do noturno. Após as discussões, o calendário ficou assim deliberado e definido: 13/10 (quarta-feira) a 27/10 (quarta-feira): Período de inscrição 28/10 (quinta-feira) a 08/11 (segunda-feira): Período destinado a Propaganda Eleitoral 04/11 (quinta-feira): Debate 09,10,11/11 (terça, quarta e quinta-feira): Eleição 12/11 (sexta-feira): Posse da chapa eleita   A Bia colocou que a Gestão faria a prestação de contas político-financeira no dia 12/11, mas houve objeção por parte da Tailta e ela propôs dia 27/10 e a Gestão concordou.   Com relação ao Enade, a Talita questionou se seria válido fazer uma discussão nesse período. A Lìgia propôs fazer um debate descentralizado, em cada sala. A Talita discordou, pois disse que teria de ser uma discussão coletiva, e neste mesmo dia do debate iniciar um plebiscito aqui na PUC para alunos decidirem se vão ou não boicotar o Enade. Por fim, após discussão sobre qual data seria menos prejudicial, ficou deliberado o dia 10/11/2010 (quarta-feira) para se fazer o debate sobre o Enade.

Posted in Nota | 1 Comment »

Moção de apoio aos estudantes da PUC-SP pela gratuidade do Curso de Serviço Social

Posted by CASS Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP em 3 de outubro de 2010

A Executiva Nacional de Estudantes de Serviço Social (ENESSO) vem por meio desta moção apoiar a iniciativa dos estudante da PUC-SP, na luta pela gratuidade do curso de Serviço Social, que esta em processo desde o primeiro dia do segundo semestre de 2010. A discussão se iniciou quando alguns alunos da UNICASTELO, que passaram por um longo período em grave, optaram pela transferência para PUC requerendo a possibilidade de pagar o mesmo valor de mensalidade, após a proposta ser aceita pelo setor administrativo da PUC, o CONSAD,o corpo docente solicitou a isonomia para os demais alunos do curso, porém os estudantes foram além e  em assembléia definiram que lutariam , não pela isonomia, mas sim pela Gratuidade do Curso de Serviço Social. Desde então os estudantes estão em constante mobilização, se organizando em comissões e participando de reuniões com Fundação SP, Reitoria e Professores. Nesse momento os estudantes aguardam a resposta, definitiva, da PUC-SP.

Por acreditarmos em uma Universidade Pública, gratuita e de qualidade apoiamos a luta dos estudantes de Serviço Social da PUC-SP contra a precarização do ensino, pelo acesso à Universidade, pela anistia da divida de todos os seus estudantes inadimplentes, pelo retorno ao espaço historicamente ocupado pelo curso e pela GRATUIDADE JÁ do Curso de Serviço Social.

São Paulo, 02 de outubro de 2010.

Gestão: 2010/2011 – ENESSO VERMELHA

Posted in Moções de Apoio | Leave a Comment »

Gratuidade Já!! 03

Posted by CASS Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP em 29 de setembro de 2010

A educação é um direito social e não uma mercadoria a ser comercializada. Nossa luta pela gratuidade visa a uma formação de qualidade para futuros profissionais, que promoverão por meio de sua prática profissional a defesa intransigente dos direitos humanos para uma sociedade justa e igualitária.

Para que se solidifiquem as manifestações é importante a presença de TODOS os estudantes nesses momentos de reação da Instituição da qual fazemos parte.

Convocamos o corpo estudantil do Serviço Social da PUC-SP à participar ativamente das manifestações em prol da gratuidade do curso!!

Próximas atividades:

OFICINA DE CRAFT:

28/09/2010(noite) e 29/09/2010 (manha) 18h e 11h

CASS

REUNIAO COMISSAO GERAL:
29/09/2010 15H
Concentração em frente da REITORIA
ORIENTAÇÃO PUBLICA:
31/09/2010 19H
SALA 68
MESA: ROSANGELA, OLDA À CONFIRMA
APRESENTAÇÃO PROPOSTA GRATUIDADE PARA COLEGIADOS:
CONSAD; CONPLAD; CEPE; CECCOM; CONSUN

Posted in Boletim | Leave a Comment »

Moção de Apoio

Posted by CASS Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP em 28 de setembro de 2010

A Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa de Serviço Social (ABEPSS) vem por meio desta moção apoiar a realização do lançamento do livro A criminalização do aborto em questão, de autoria de Maurílio Castro de Matos,em atividade proposta pela APROPUC, em São Paulo. O livro é resultado parcial de tese de doutorado defendida no âmbito do Programa de Pós Graduação em Serviço Social da PUC-SP, o programa mais antigo da área de Serviço Social e um dos mais qualificados do país, o que avaliza a seriedade do tratamento de um tema polêmico, porém imprescindível ao debate nacional, considerando seus impactos sobre amplos segmentos, especialmente sobre as mulheres das classes trabalhadoras. A categoria dos assistentes sociais tem uma posição contrária à criminalização do aborto no Brasil, por meio do Conjunto CFESS-CRESS, e este ano, após cinco anos de discussões, aprovou uma posição favorável à legalização do mesmo no país.

A ABEPSS não tem uma posição definida sobre a questão do aborto, mas temos uma posição clara sobre a universidade: ela deve ser o palco dos mais acalorados debates nacionais, inclusive este, ser um celeiro de idéias e de criação, pautar-se pelo debate democrático, romper com o obscurantismo e trabalhar para o esclarecimento científico e racional dos mais diversificados objetos de estudo e discussão. Se a Igreja Católica decidiu investir em educação, que, cabe lembrar, é uma concessão pública, tem que assegurar os príncípios que fazem de uma universidade algo digno deste nome. A PUC-São Paulo tem uma história de resistência e democracia a zelar e que não pode sucumbir à iniciativas reacionárias e extemporâneas de cerceamento dos debates e das diferenças, perseguindo professores e “queimando” livros, ainda que simbolicamente. Com base nestes argumentos apoiamos a realização do evento e do debate, ao qual desejamos sucesso, reafirmamos os princípios ético-políticos que vem orientando o Serviço Social no Brasil presentes no nosso Código de Ética e no projeto de formação profissional em todos os níveis, e repudiamos as ameaças de demissão de professores e ameaças de ruptura com a autonomia universitária que pairam hoje sobre esta importante universidade.

Elaine Rossetti Behring

Presidente da ABEPSS

Posted in Moções de Apoio | Leave a Comment »

A paisana ou de batina, a ditadura persiste para reprimir as mulheres!

Posted by CASS Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP em 28 de setembro de 2010

Nesse sentido, a APROPUC (Associação dos Professores da PUC) organizou o lançamento do livro A criminalização do aborto em questão, de autoria de Maurílio Castro de Matos, seguido de um debate sobre essa questão fundamental principalmente para as mulheres negras, pobres, que cumprem os trabalhos mais precarizados e que morrem diariamente por abortos clandestinos.

Mais uma vez, os setores reacionários da Igreja Católica tentam minar esse debate apelando ao Cardeal D. Odílo Scherer, arcebispo de São Paulo e grão-chanceler (ou chefe) da PUC com um abaixo assinado pedindo para que o padre use seu “poder” para barrar esse tipo de atitude que vai “contra a moral cristã”, inclusive pedindo a demissão de uma das integrantes da mesa, a professora Maria José Rosado, integrante da ONG Católicas pelo Direito de Decidir, fazendo alusão á uma encíclica papal que dita que os docentes e funcionários das universidades católicas devem colaborar para o reforço da identidade católica na instituição.

Nós, do grupo Pão e Rosas consideramos esse tipo de atitude uma afronta à liberdade de expressão e às liberdades democráticas conquistadas com muita luta dentro da PUCSP pela comunidade acadêmica e que desde que a Igreja tomou o controle da Universidade, já vem sendo podadas tanto com retirada de cartazes que fazem denúncia direta à Igreja, como ocorreu no começo do ano com a explosão dos escândalos de pedofilia dos padres e bispos, quanto na proibição de pesquisas sobre temáticas como o próprio aborto e a homossexualidade.

Temos que assistir, como na audiência pública dessa semana, os padres e reitor dizerem que temos ampla democracia na PUC e que estão abertos ao diálogo, enquanto vemos no cotidiano da Universidade, os mesmos abandonarem todo discurso democrático quando se trata de perseguir e reprimir as mulheres e os setores mais oprimidos da sociedade que se organizam para discutir e lutar pelas suas demandas mais urgentes.

A universidade é um local de produção de conhecimento! Desse ponto de vista, devemos questionar a quem serve o conhecimento produzido na PUC e a quem deve servir! A Igreja não tem o direito de decidir qual o conhecimento que os docentes e estudantes da PUC podem ou não produzir!

Os setores mais reacionários da Igreja não interferem apenas nas Universidades católicas.

Em 2008, Lula assinou um acordo com o Vaticano, que permite que a Igreja “ensine” sua doutrina nas escolas públicas, enquanto meninas continuam sendo mães cada vez mais novas pela falta de educação sexual nas escolas.

Esse acordo, faz com que o governo Lula em acordo com a Igreja (se fazendo de refém da Igreja), continue atacando as mulheres, homossexuais e negros com medidas dificultando a conquista de direitos como o aborto, o casamento e adoção por homossexuais, etc.

Posted in Moções de Apoio | Leave a Comment »

Gratuidade Já 2!!!

Posted by CASS Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP em 28 de setembro de 2010

Para que os andamentos da comissão de estudos sobre a gratuidade do curso de Serviço Social cheguem a um número maior de estudantes, será produzido um boletim como este toda semana!

Audiência Pública No último encontro dos estudantes de Serviço Social, em assembléia realizada nesta ultima semana, avaliamos a Audiência Pública do dia 14-09-2010 como uma estratégia de implodir as reivindicações dos estudantes e professores mostrando o desinteresse nas avaliações dos mesmos, levando sempre em consideração as avaliações das instituições (revistas, MEC, guia do estudante). Após a Audiência houve assembléia geral de estudantes, onde ficou proposta a realização de algumas atividades, dentre elas, o encaminhamento da Ata da Audiência Pública de forma documentada requisitando respostas coerentes, um abaixo assinado e ato público.

Gratuidade No que se refere à articulação da luta e construção da gratuidade do curso de Serviço Social, nós estudantes do curso, estamos em assembléia contínua realizadas todas terças feiras das 19:30h às 20:30h

Confraternização Iremos realizar essa semana algumas atividades relacionadas à luta, como, a aula pública sobre filantropia e um debate/festa na sexta com apresentação de vídeos retratando a movimentação estudantil em diversos lugares

Agenda:

Assembléias semanais: terças feiras das 19:30h às 20:30h

Aula Pública: 23/09/2010 às 19h

Festa/debate: 24/09/2010 Ás 20h (a confirmar)

Reunião Comissão Gratuidade (SeSo, Reitoria, FSP): 22/09/2010 às 15h

Posted in Boletim | Leave a Comment »

ATA DA ASSEMBLEIA – 22.09.2010 – NOTURNO

Posted by CASS Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP em 28 de setembro de 2010

A Bia inicio a assembleia informando que devido a eleição do Centro Acadêmico, pediu que os estudantes discutissem em suas respectivas salas para escolher 1 (um) representante por sala a fim de montar a comissão eleitoral.

O Flavio deu o informe da reunião da comissão instituida pelo reitor reunião que aconteceu às 15h neste mesmo dia: a reunião não teve tanta produção, pois tivemos um problema financeiro, o Mário lançou uns números errados na planilha de cálculo, não sendo possível discutir muitas coisas, ficando para a proxima quarta (29.09) o fechamento dessa discussão e a entrega do documento/plano pedagógico.

Erica: nosso curso é muito barato, financeiramente falando, a gatuidade do nosso curso para a Puc é nada.

Luna: a nossa representatividade (comissão de três estudantes) não é eficaz. Amanhã (23.09) às 9h tem reunião do Consad, seria importante que nós alunos estivessemos presentes. E na quarta (29.09) tem reunião da comissão, seria interesante que houvesse movimentação em frente a reitoria (ex. cartazes, apitaçós, etc) para dá visibilidade. Depois do dia 29.09, qaundo o documento for entregue, precisa ser votado nos órgãos colegiados da Puc, é necessário que estejamos em massa em todas elas.

O Alan propôs que alguns alunos que pudessem vir na reunião do Consad no dia 23.09. Se prontificaram: Cida,  Pamela, Tatiane, Maria,Alan.

Luna: com relação a aula pública, a prof. Rosangela Paes aceitou participar da mesa, porém pediu para que fosse realizado no dia 30.09. Foi indicado também o Fabio Gallo.

Ficou deliberado as oficinas de craft nos seguintes dias:

– 23.09 (quinta-feira de manhã)

– 24.09 (sexta-feira noite)

– 28.09 (terça-feira noite)

Posted in Nota | Leave a Comment »

ATA DA ASSEMBLEIA – 15.09.2010 – Noturno

Posted by CASS Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP em 28 de setembro de 2010

Bia iniciou a Assembleia propondo a seguinte pauta, da qual houve acordo entre os presentes:

– Balanço da audiência Pública em 14.09

– Informe da reunião da comissão da gratuidade em 15.09

Bia: esses espaços (Audiência Pública) são bons para nós sabermos com quem estamos lidamos; o reitor usou o processo que está ocorrendo no Serviço Social para mostrar que a Universidade é democrática.

Ana: o Consad usou o Serviço Social para desarticular o restante do Movimento Estudantil, o Conselho distorcia tudo com relação ao que era apresentado (mensalidades, bolsas), ficando posicionamentos colocados pelos estudantes sem posição de resolução por parte dos padres e reitor.

Fernanda G.: eles não estavam interessados nas avaliações dos professores e alunos, mas nas avaliações das instituições (revistas, MEC, guia do estudante); após a Audiência houve uma assembleia, onde ficou proposta a realização de algumas atividades, dentre elas o encaminhamento da Ata da Audiência Pública de forma documentada com respostas do Consad em cada item.

Lígia: A Audiência Pública foi conduzida pela mesa, nós estamos em iminente perigo, pois na Audiência Pública anterior houve pressão e intimidamento, dessa vez os padres e o reitor não se incomodaram,  a não ser com a reinvidicação da APROPUC (acordo interno dos professores); o Serviço Social foi usado na Audiência Pública para amortizar a movimentação. Eles podem usar isso de forma política para colocar os outros cursos contra o nosso.

Bia: a Ata da Audiência Pública será seguida de um abaixo assinado que passará por todos os cursos para que todos os alunos possam assinar; dia 16.09 haverá CCA às 20h30 no CACS. Pauta: fazer um balanço da Audiência Pública e pensar outras atividades para se movimentar.

Keka: na Audiência Pública o Consad foi legitimado, a nossa luta tem que ser pela autonomia universitária, não podemos legitimar a Fundação São Paulo.

Após o essas falas sobre o balanço da Audiência Pública, a Luna iniciou o informe da reunião da comissão da gratuidade:

Luna: a luta da gratuidade está muito institucionalizada, não pode ser bem assim, tem que ser uma luta coletiva. O Flavio e eu sentamos com a Isaura e ela propôs que conduzíssemos as discussões da comissão para o sentido de que a PUC não poderia responsabilizar o curso de Serviço Social pela captação de recursos, propomos, então, à comissão intituída pelo reitor que o estudo sobre a gratuidade é mostrar por que queremos a gratuidade e o quanto isso será vantajoso para a PUC e eles concordaram. O nosso objetivo é: estudar as universidades que tem cursos gratuitos, estudar o projeto pedagógico do curso de Serviço Social em uma Universidade Federale como se dará o processo seletivo para entrada dos novos alunos.

Flávio: tive uma reunião com o Mário (financeiro) e ele me mostrou oas gastos da faculdade e mais especificamente os gastos do Serviço Social.

Fernanda G.: é muito errado quando os grupos de trabalho discutem sozinhos e não no coletivo, precisamos ver como a gente discute isso de forma coletiva.

Fernanda A.: essa luta é legitima em todos os sentidos, foi um avanço ser ouvido pela Universidade, é muito importante se unir e não deixar que fique somente centralizada na comissão instituída reitor.

A Luna propôs assembleias semanais, como estratégia de mobilização, às terças-feiras: das 19h30 às 20h30, a qual foi aceita por concenso.

Bia: as assembleias não são métodos de mobilização, preciamos verificar se elas funcionarão e cumprirão a finalidade para qual foi proposta.

Carlinhos: Se nos unirmos toda semana é sinal de que estamos atento, que estamos nos movimentando, cabe a nós, aqueles que acrediatm e aqueles que não acreditam nos juntarmos e discutirmos, porque só assim eles se sentem incomodados.

Luna: podemos desenvolve algumas atividades referentes a gratuidade. Fazermos nos dias 22, 23 e 24.09:

– 22.09 (quarta): fazer ato, colar cartazes na Universidade, oficina de craft;

– 23.09 (quinta): seminário sobre a filantropia (sugestão das alunos do 3º ano);

– 24.09 (sexta): vídeos na prainha e festa no CA (recepção dos estudantes que vieram transferidos).

Bia: só gostaria de fazer um adendo, na quarta podeos resgatar as falas da campanha eleitoral do reitor para colarmos pela Universidade e na sexta fazermos uma aula pública com os vídeos da mobilização dos estudantes que está acontecendo na Argentina.

Fernanda G.: tenho acordo com a aula pública, pois ela mostra que estamos intrumentalizados e pensar pessoas que possam ser convidadas para dar essa aula; com relação aos vídeos acho importante para mostrar que não estamos isolados enquanto movimento geral; quanto a publicização da campanha eleitora do reitor não tenho acordo.

Mª Aparecida: tem que haver um compromisso de cada aluno para que a mobilização funcione, muitos ficam na sala esperando algo cair do céu, mas se agente ficar na sala as coisas não vão acontecer.

Ana Carolina: questionou quem não quer a gratuidade e por quê.

Carol: articular as proposta das atividades nos dias 22, 23 e 24.09 com os professores para que eles possam liberar os estudantes para participar.

Roberta: a mobilização é válidade e precisa existir independentemente da quantidade de dias de atividades.

Fernada G.: acredito que dois dias são suficientes.

Após essas discussões, a Luna encaminhou para votação e por concenso ficou deliberado dois dias de atividades (23 e 24.09), as quais serão discutidas no dia 16.09 às 18h no CA  como acontecerá.

Posted in Nota | Leave a Comment »

Gratuidade Já!!!

Posted by CASS Centro Acadêmico de Serviço Social PUC-SP em 28 de setembro de 2010

Comissão Projeto Gratuidade composta por professores (Isaura e Socorro), estudantes do curso (Daniela – manha, Flavio – noite e Luna – noite) e representantes da Reitoria e Fundação São Paulo, realizaram uma reunião dia 09/10/2010, a qual:

Decidimos dividir em três eixos de estudo a elaboração do Projeto Gratuidade:

– Captação de Recursos: estudar quais as formas de possíveis subsídios, financeiro e social.

– Estrutura Pedagógica: redesenhar o curso de Serviço Social, de maneira a atender e enquadrar as necessidades do projeto, sem perder a qualidade.

– Custos/Finanças: estudar o custo do curso hoje e na possível gratuidade.

Para acompanhamento destes estudos e encaminhamentos, vamos realizar reuniões semanais da comissão.

Próxima reunião da comissão dia 15/09/10 ás 17 horas com repasse para os alunos ás 19 horas no CASS.

Para que esses estudos aconteçam, precisamos de colaboradores que componham esses eixos de estudo.

Foi realizado um repasse da 1ª reunião com a comissão nas salas e alguns alunos se dispuseram a participar dos estudos.

Dia 14/09/10 ás 16 horas terá reunião sobre custos/finanças com a comissão da FUNDASP, Flavio, Érika e professora Isaura participarão.

Dia 14/09/10 ás 17 horas terá reunião na coordenação sobre os eixos captação de recursos e estrutura pedagógica.

Dia 14/09/10 ás 19 horas terá Audiência Pública no TUCA, vamos reunir a tod@s alunos de Serviço Social para fazer repasse da reunião sobre custos/finanças e reunião feita na coordenação, além de tratar sobre nosso posicionamento na Audiência Pública.

São Paulo, 14 de setembro de 2010.

Boletim nº 1

Posted in Boletim | Leave a Comment »